Cientistas checos divulgam imagem rara de eclipse solar

SÃO LUÍS – Uma imagem rara captada durante um eclipse total do Sol, ocorrido em julho de 2009 nas Ilhas Marshall (Micronésia, Oceano Pacífico) foi divulgada, esta semana, por cientistas da Universidade de Tecnologia de Brno, da República Checa. Na imagem, a radiação solar aparece esfumaçada como uma névoa que envolve a sombra da Lua, no exato momento que ela encobre completamente o disco do Sol.

Os pesquisadores estudam a sombra formada em volta da Lua com o objetivo de observar as mudanças no material que compõe a coroa solar. Essa região é dez mais densa que o centro do Sol, produzindo cerca de um milionésimo de luz - estendendo-se por mais de um milhão de quilômetros e 200 vezes mais quente que a superfície da estrela - e, por isso, só possível de ser vista quando é ressaltada durante um eclipse.

Segundo a Nasa, a agência espacial americana, o próximo eclipse total do Sol ocorre no dia 11 de julho desde ano e será visível apenas em uma faixa estreita que atravessa o hemisfério sul da Terra, passando pelas ilhas Cook, Ilha de Páscoa, sul do Chile e terminando na Argentina.

About these ads