Reprodução

Ferramenta incentiva internauta a criar seu próprio jornal

SÃO LUÍS – Uma nova ferramenta tem atraído muitos internautas: é o Paper.li, que convida o usuário a criar seu próprio jornal. Com o serviço, é possível agregar notícias de diversos veículos e de diversas formas, usando hashtags do Twitter, por exemplo, ou por meio dos feeds de um portal ou blog. Como a ferramenta não é destinada à produção de conteúdo, e, sim, à reprodução de notícias de diversos veículos, seria mais fácil dizer o usuário é convidado a fazer um clipping, como se diz no jargão jornalístico, do que gostaria de ler em um jornal de sua preferência.

O usuário pode dividir o conteúdo em categorias, como “Ciência”, “Educação”, “Esporte”, “Mundo”, “Política”, “Tecnologia”, entre outros. Ainda é possível publicar uma edição ou duas edições diárias, ou, também, apenas uma edição semanal. Após criado o jornal, o usuário pode divulgar, automaticamente, no Twitter a publicação de cada edição.

O serviço carece, no entanto, de meios para a personalização do jornal. Também não é possível selecionar os destaques do jornal, o sistema seleciona automaticamente as notícias, o que acaba virando um caos. Mas a vantagem é que não é necessário fazer qualquer tipo de cadastro. Basta acessar a ferramenta com uma conta já existente no Twitter ou no Facebook.

Divulgação/TV Globo

Jô Soares recebe a cantora Alcione

Com informações da CGCOM

SÃO LUÍS – Nesta quinta-feira (10), Jô Soares entrevista Alcione, Rodrigo Penna e Marco Antonio Villa. A cantora maranhense Alcione comemora seus 40 anos de carreira numa turnê. Para a comemoração, um novo show intitulado “Duas Faces” e o lançamento de CD e DVD.

Rodrigo Penna é ator e iniciou a carreira aos oito anos. Na adolescência participou de novelas como Top Model e Vamp. Hoje é idealizador e DJ do “Bailinho”, a festa mais badalada pelas celebridades no Rio.

O historiador, com mestrado em sociologia e doutorado em história social, professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Marco Antonio Villa, lança “A história das constituições brasileiras – 200 anos de luta contra o arbítrio” , um apanhado da história das diversas constituições do nosso país.

O Programa do Jô começa, na Rede Globo, às 1h25, logo após o Jornal da Globo.

Reprodução

Golpes utilizam empresas para atrair vítimas por e-mail

SÃO LUÍS – Os piratas virtuais seguem fazendo vítimas na internet. Por e-mail, eles utilizam nomes de grandes empresas para atrair novas vítimas. Com um texto “sedutor” e promessas de vantagens para o usuário, os hackers incentivam o internauta a clicar em links que o levam para um único caminho: a instalação de malwares, ou programas de computador criados para danificar o equipamento das vítimas, obter informações ou até monitorar as ações do usuário. Nos últimos dias, os Correios, o banco Santander e a companhia aérea TAM foram os nomes utilizados para prejudicar novos internautas. Na semana passada, o MauricioAraya.com.br mostrou que um golpe eletrônico usa a rede social Facebook para atrair novas vítimas.

No caso dos Correios, a mensagem eletrônica informa que o internauta recebeu um telegrama “urgente”. Para ler, basta o usuário clicar em um link, que, no entanto, o leva para uma página que não possui qualquer vínculo com o site oficial da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). O e-mail chega a exibir um banner alertando sobre falsos e-mails. Em sua página eletrônica, os Correios orientam para que o usuário nunca clique em links, já que “é por meio deles que os vírus e códigos maliciosos se instalam nos computadores” e informam que a instituição “não envia e-mails aos usuários, a menos que seja solicitado”.

Já o e-mail enviado em nome do banco Santander informa que, para proteger a conta, o cliente deve ativar a atualização de um suposto “módulo de proteção”. Também em sua página eletrônica oficial, o banco Santander informa que “não faz nenhum tipo de atualização e nem oferece a instalação do internet banking por meio de correio eletrônico (e-mail) ou por qualquer outro software” e orienta os internautas que apague a mensagem imediatamente. O banco disponibiliza, ainda, um canal onde os clientes podem denunciar fraudes.

Outro golpe utiliza o programa “TAM Fidelidade” da companhia aérea TAM para fazer novas vítimas. O e-mail é enviado, no entanto, por um usuário que sequer fez questão de ocultar sua identidade: utiliza uma conta de e-mail pessoal para enviar spans. No site da TAM, no entanto, não há orientações sobre como proceder com falsas mensagem enviadas em nome da empresa.

A mensagem eletrônica, geralmente enviada para diversos internautas, é conhecida como “spam“. De acordo com os Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (Cert), mantido pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, ao identificar uma mensagem falsa, o internauta deve encaminhar cópia da correspondência para os e-mails cert@cert.br e mail-abuse@cert.br relatando a fraude eletrônica.

Além disso, o Cert orienta que o grupo de segurança e abusos da rede em que o internauta está conectado (como provedores, empresas, universidades ou outras instituições), também, seja notificado.

Divulgação/Sefaz

Violações ao Código de Defesa do Consumidor levam 44 empresas à dívida ativa do Estado

Com informações do Procon

SÃO LUÍS – A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão vinculado a Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Cidadania (Sedihc), em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), inscreveu na dívida ativa do Estado 44 empresas pelo não pagamento de multas referentes a inúmeras violações do Código de Defesa do Consumidor (CDC). O valor total das multas supera a quantia de R$ 356 mil.

O dinheiro arrecadado, segundo o gerente do Procon, Felipe Camarão, vai para o Fundo de Proteção e Defesa do Consumidor. O valor só pode ser revertido em ações que beneficiem o consumidor, entre as quais campanhas educativas, reaparelhamento do Procon e abertura de novas unidades, entre outras. As ações só podem ser executadas após a deliberação de um conselho formado por representantes da Sedihc, do Procon, da Secretaria de Planejamento e Secretaria de Fazenda, a ser nomeado nos próximos dias.

Para que uma empresa seja inscrita na divida ativa, o Procon emite uma certidão à Sefaz solicitando o procedimento. Em seguida, a Sefaz encaminha o pedido para ser ajuizado e executado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Sanções

As empresas que tiveram ajuizados seus nomes na divida ativa ficam impossibilitadas de participarem de leilões, além de terem bloqueados contas e bens e, ainda, serem incluídas na lista do Serasa. Todas as empresas foram notificadas oficialmente. As que desejarem terem o nome excluído da dívida devem procurar o Procon para que possam efetuar o pagamento.

Veja a lista das empresas inscritas na dívida ativa:

Lojas Americanas S.A. (2 inscrições)

TIM Celular S.A.

A. L. Magalhães Coelho – Coelho Tech (1 inscrição)

Bompreço Supermercado do Nordeste Ltda (8 inscrições)

R.P Costa S.A. – Degraus Sport Surf (1 inscrição)

Micka Comercial Ltda. (1 inscrição)

L. R. Comércio de Roupa Ltda. – Lilica e Tigor

Pleno Comércio de Roupas Ltda. – ADJI (1 inscrição)

Universal Informática Ltda. (1 inscrição)

Sage Comésticos Ltda. – Boticário (1 inscrição)

Topázio Jóais e Presentes Ltda. – Topázio Presentes (1 inscrição)

Facury Motos Ltda. (1 inscrição)

Madeireira São João (1 inscrição)

R. C. B. Caldas (ME) – Pecado do Corpo (1 inscrição)

C.Martins Neto EPP – Comercial Aguiar (1 inscrição)

Rosileia dos Santos Carvalho (1 inscrição)

Lojas Grabyella Ltda. (1 inscrição)

Antonio S. de Araujo – Casa dos Acessórios (1 inscrição)

M. da Penha (ME) – Comércio Aluminio (1 inscrição)

Fortes e Costa Ltda – Chamada da Amazônia (1 inscrição)

Solitur Transporte e Turismo Ltda. – NE (2 inscrições)

M. J. Natos Ribeiro- Feirão das Portas (1 inscrição)

Fercar Comércio de Roupas Ltda – Bunny’s (1 inscrição)

Vitapão Indústria e Comércio Panaderil Ltda (1 inscrição)

Empório Comércio e Serviço Ltda. – Restaurante Auguri (1 inscrição)

Estelita Rodrigues (ME) – Base Lenoca (1 inscrição)

Daniel Uchoa Serra Mendes de Castro – Porto de Calhau (1 inscrição)

F. A. M. Calado- Restaurante Chapeu de Palha (1 inscrição)

Super Box Sucesso Ltda. (1 inscrição)

A. C. P. dos Santos – Supermercado Luan (1 inscrição)

Carro Fácil Comércio de Automovéis Ltda- Carrofácil (1 inscrição)

Eduardo da Silva Neves Comercio (1 inscrição)

Lucielma S. de Sousa – Loja Ousadia

Cristina Santos Araújo S.A. – Estação 20

Empresa Auto Viação Progresso S.A.

Empresa Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Ltda.

Adabel C. Santos

Francilene da S. A. Magalhães (ME) – São Paulo Joias

Lojas Insinuante Ltda.

Fernandes e Nascimento Comércio de Colchões Ltda.

C. de M. Freitas de Amorim (ME).

Irmãos Simões Ltda.

K. R. Costa  Confecções

Maria Alice Mubarack Maluf – Mr. Cat

Divulgação/Func

Airton Marinho comemora 30 anos de arte com exposição em São Luís

Com informações da Func

SÃO LUÍS – Para comemorar os 30 anos de carreira do maior expoente da xilogravura no Maranhão, a Fundação Municipal de Cultura (Func), abre, na próxima quinta-feira (17), a exposição “Airton Marinho – 30 anos de arte”. O coquetel de abertura terá início às 18h, no prédio anexo da Oficina Escola (Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração).

A mostra apresentará cerca de noventa xilogravuras, reunindo as primeiras obras, feitas pelo artista na década de 70 ainda, ainda em seu processo de aprendizagem, até as atuais coleções com maturidade e domínio maior da técnica. Entre elas, poderão ser apreciadas peças de diversas coletâneas realizadas pelo artista, como: “Brincadeiras Infantis” (1979), “Ao Trabalho” (1980), “Lendas e Mistérios” (1986), “Festas e Festanças” (1988), “Guarnicê” (1991), entre outras.

Airton iniciou sua caminhada no mundo das artes com a cerâmica e o óleo sobre tela. Com o seu ingresso, em 1975, no curso de Desenho Industrial, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o artista encontrou, em um trabalho de pesquisa, o que viria a ser sua expressão artística: a xilogravura.

A exposição permanecerá aberta à visitação pública até 17 de janeiro de 2012, de segunda a sexta-feira, sempre das 9h às 12h e das 15h às 19h.