Reprodução

Inscrições abertas para o “Desafio Sebrae”


Vão até o dia 18 de maio as inscrições para a edição 2012 do “Desafio Sebrae“, maior jogo empresarial do país, promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Podem disputar o jogo estudantes universitários do país inteiro e de todos os cursos. Nesta edição, o tema do jogo são frutas tropicais. Os participantes terão que simular a administração das diversas etapas de um negócio, da produção das frutas até a venda de alimentos com valor agregado, como sorvetes, polpas e sucos. Durante a competição, os participantes devem gerenciar virtualmente uma empresa, contratar empregados, definir preços e comercializar produtos, tomar decisões e enfrentar desafios de mercado.

Podem participar equipes compostas por duas a cinco pessoas. Cada grupo tem direito a um professor orientador escolhido pelos próprios alunos. Para se inscrever é preciso pagar a taxa de R$ 50 por equipe e o registro pode ser realizado no site do “Desafio”.

Prêmios

O jogo virtual começa em maio e terá cinco fases, duas presenciais e três virtuais. Em outubro, serão conhecidos os campeões estaduais que, em novembro, se reunirão em Salvador (BA) para disputar a semifinal e a final. Ganham prêmios as três melhores equipes e os professores indicados por elas.

Todos os integrantes dos oito grupos que chegarem à final nacional ganharão um iPad, além de bolsas de estudos da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As três primeiras equipes colocadas receberão um curso de inovação oferecido pela Coordenação de Programas de Pós-Graduação de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), parceira do Desafio. A grande campeã nacional, também, fará uma viagem a um centro de empreendedorismo na Europa e participará da final internacional com universitários de outros países da América Latina. A premiação nacional ocorre no dia 13 de novembro.

Reprodução

Sesi reúne parceiros da “Ação Global” em São Luís


O Serviço Social da Indústria (Sesi) e a TV Mirante, emissora afiliada Rede Globo no Maranhão, realizam, no dia 5 de maio, mais uma edição da “Ação Global” em São Luís. O evento, que deve atender gratuitamente 50 mil pessoas, ocorre, pela primeira vez, na região do Itaqui-Bacanga, e tem como tema “A valorização dos parceiros e sua contribuição para o evento” e subtema “Eu faço ‘Ação Global’ o ano inteiro”. Serão oferecidos mais de 130 serviços nas áreas de cidadania, saúde preventiva, educação, esporte e lazer, além do casamento comunitário, que não era realizado desde a edição de 2008.

“É uma região bastante grande, com muitas carências e as parcerias têm sido, a cada instante, o nosso ‘termômetro’ para que, de fato, a gente possa estar tendo a certeza de que a ampliação no número de serviços será possível”, afirma a superintendente do Sesi no Maranhão, Andréia Marão.

A superintendente afirma que a mudança de local, da região do Tibiri – na rodovia BR-135 – para a Cidade Universitária da UFMA – na avenida dos Portugueses, no Itaqui-Bacanga –, decorreu de uma pesquisa feita pelo Sesi que apontou uma grande necessidade da população da região por um evento do gênero. A mobilização dos acadêmicos e professores da UFMA, segundo ela, também, cresceu. “Fazer a ‘Ação Global’ no espaço físico da Cidade Universitária é diferente. Toda a comunidade universitária se sensibilizou e está conosco, de fato, fazendo a ‘Ação Global’”, diz.

Nesta semana, representantes do Sesi estiveram na Cidade Universitária da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que receberá a “Ação Global”. “A visita-técnica ocorre para que os parceiros façam um reconhecimento do território, saber em que localidade eles vão ficar, qual o espaço vai ser cedido, de infraestrutura dos serviços prestados por cada instituição”, afirma Andréia Marão.

Hoje, uma reunião vai ser realizada com parceiros – um total de 80 já confirmados. Na edição passada, 122 empresas foram parceiras na “Ação Global”. “Nesta quinta-feira, nós convidamos todos os parceiros, empresários e entidades que fazem, conosco, a ‘Ação Global’, para confraternizar e ampliar, consolidar essa rede”, disse. A reunião ocorre no auditório Alberto Abdalla, na Casa da Indústria Albano Franco, retorno da Cohama.

Entidades e empresas que ainda desejam ser parceiras do evento devem procurar a Coordenação-Geral da “Ação Global”, por meio do telefone (98) 2109-1828. Já os voluntários, segundo a superintendente, devem procurar algumas das entidades e empresas parceiras, para que possam receber as orientações e treinamentos necessários.

Reprodução

Inscrições abertas para o “Prêmio Jovem Cientista”


Estão abertas, até o dia 31 de agosto, as inscrições para a 26ª edição do Prêmio Jovem Cientista (PJC). Pesquisadores, universitários e estudantes do ensino médio de todo o Brasil podem participar do concurso, que distribuirá R$ 600 mil em premiações – incluindo o valor de bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O tema deste ano, “Inovação Tecnológica nos Esportes”, foi escolhido com o intuito de estimular pesquisadores e estudantes a voltarem suas atenções para o setor esportivo e se alinharem com as demandas governamentais de incentivo para a área, diante da realização da Copa e da Olimpíada no Brasil. O regulamento completo e a ficha de inscrição estão disponíveis em www.jovemcientista.cnpq.br.

Na categoria “Graduado”, os vencedores são agraciados com R$ 30 mil (1º lugar); R$ 20 mil (2º lugar) e R$ 15 mil (3º lugar). Para estudantes do ensino superior, os valores são de R$ 15 mil (1º lugar), R$ 12 mil (2º lugar) e R$ 10 mil (3º lugar). Estudantes do ensino médio classificados em 1º, 2º e 3º lugares ganham um moderno notebook cada um. No “Mérito Institucional”, serão pagos R$ 35 mil para cada uma das duas instituições que tiverem o maior número de trabalhos com mérito científico inscritos. O pesquisador que for indicado para a “Menção Honrosa” recebe R$ 20 mil.

O prêmio é uma iniciativa do CNPq, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, a Gerdau e a GE.