Reprodução/Internet

Médicos orientam população sobre hipertensão arterial


O Ministério da Saúde divulgou, nesta semana, os avanços no controle e no tratamento da hipertensão arterial: em um ano do programa “Saúde Não Tem Preço”, 6,9 milhões de hipertensos tiveram acesso a medicamentos gratuitos. De acordo com o levantamento “Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico”, de 2011, a hipertensão arterial atinge 22,7% da população adulta brasileira. O diagnóstico em mulheres (25,4%) é mais comum do que entre os homens (19,5%). A pesquisa aponta, também, uma relação entre a escolaridade e a prevalência da hipertensão.

Nesta sexta-feira (27), um grupo de médicos cardiologistas e nutricionistas vai realizar medição da pressão arterial, pesagem e orientação à população em São Luís. A ação ocorre na praça principal do Tropical Shopping, no Renascença II, até o fim da tarde. Entre os médicos que participarão da ação, está o cardiologista José Bonifácio Barbosa. De acordo com ele, o paciente é diagnosticado hipertenso quando sua pressão está a 140/90 mmHg ou “14 por 9″. “Esses são os níveis considerados, hoje, como acima do ideal. As principais causas são hereditariedade, obesidade, tabagismo, estresse, vida sedentária, e quando você ingere muito sal”, afirma o especialista. O ideal, segundo o médico, é ingerir até 5 gramas de sal por dia. Os negros devem ter cuidado redobrado, já que, naturalmente, possuem pressão mais acentuada.

“Se for esperar sintomas, você pode incorrer num grave erro. Noventa por cento dos hipertensos não sentem nada”, explana José Bonifácio. Questionado sobre a eficiência dos aparelhos que fazem a medição da pressão arterial encontrado em farmácias, o especialista alerta que os aparelhos que medem a pressão no pulso podem não ser confiáveis. “Você deve comprar o aparelho que mede a pressão no braço (na região do bíceps), mesmo que digital”, afirma. O especialista explica, ainda, que, a partir dos 30 anos, se não for diagnosticada hipertensão, a pressão arterial pode ser medida a cada mês, ou a cada dois meses.

About these ads